quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Agiotagem: Operação integrada apreende mais de R$ 100 mil em Campo Alegre


Suspeitos foram presos com arma, cheques, notas promissórias, cartões do Bolsa Família, documentos de terrenos e casas das vítimas

Após investigações, uma operação desencadeada nesta quinta-feira pela 6ª Delegacia Regional de São Miguel dos Campos, com apoio do 75° DP em Campo Alegre e policiais da 1ª Cia Independente, Asfixia e Tigre, dois homens acusados de crime de agiotagem na cidade de Campo Alegre foram presos.

As investigações, coordenadas pelo delegado Nilson Alcântara, se iniciaram após a polícia receber denúncias de que os suspeitos estariam usando de violência e ameaças para cobrar dividas de agiotagem.

“Ameaçavam as vítimas retendo cartões de programas sociais e negando devolver documentos de imóveis”, esclareceu a reportagem um dos policiais que participou das prisões.

Com um dos suspeitos, identificado por José Elzo Leandro da Silva, de 43 anos, a polícia apreendeu, além de vários cheques, uma espingarda calibre 32, municiada.

Já com o segundo preso, José Francisco Vital, o ‘Nem’, 37 anos, foram apreendidos documentos de veículos, registro de imóveis (casas e terrenos), cartões do Bolsa Família e dezenas de cheques (num total de R$ 61.677,00) e notas promissórias (R$ 38.000,00), além de R$ 7 mil em dinheiro.

Os suspeitos foram levados a 6ª Delegacia Regional de São Miguel dos Campos, onde foram autuados e devem permanecer presos a disposição da Justiça. 



José Francisco Vital, o ''Nem'',  37 anos

Elzo Leandro da Silva, de 43 anos

Espingarda apreendida com Elzo


Documentos de imóveis apreendidos




Com: Alagoas Web



Nenhum comentário:

Postar um comentário