sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Dia de Finados começa com missa no Cemitério Nossa Senhora do Carmo em Campo Alegre


Cânticos, orações e saudade dos entes queridos foi o clima registrado na manhã desta sexta-feira (02) no Cemitério Nossa Senhora do Carmo, em Campo Alegre, onde várias pessoas participaram por volta das primeiras horas do dia da tradicional missa em homenagem ao Dia de Finados.

Relembrar os bons momentos vividos com pessoas que já não estão mais entre os familiares e grupos de amigos é o que leva grande parte da população católica de Campo Alegre a deixar suas casas no dia de Finados para prestar homenagens aos seus entes queridos, rezando ou acendendo velas, sendo uma forma de demonstrar que mesmo já tendo falecido, o carinho continua.

 A celebração da Santa Missa foi presidida pelo Padre Cristiano Firmino Nóia que lembrou aos fiéis que a liturgia realça a ressurreição e a vida, tendo como referência a própria ressurreição de Cristo.

Durante todo o dia de finados a expectativa é que a movimentação seja grande nos cemitérios do município. Neste dia, apesar da imensa tristeza de alguns e de muitas palavras de conforto, as pessoas procuram realizar uma viagem interior, com muitas reflexões, e matar as saudades de amigos e familiares que já não se encontram com vida.

ORIGEM – A lembrança dos falecidos sempre esteve presente nas celebrações da Igreja, com um momento especial na missa, desde início do cristianismo. Já no primeiro século, os cristãos rezavam pelos falecidos, visitavam os túmulos dos mártires nas catacumbas para orar por eles. No século IV, já se encontra a memória dos mortos na celebração da missa. Desde o século V a Igreja dedica um dia por ano para fazer oração por todos os falecidos. Mais tarde, fixou-se o dia 2 de novembro como dia especial de oração pelos mortos.







Nenhum comentário:

Postar um comentário