segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Representantes de Campo Alegre marcam presença na Cerimônia de liberação de tráfego do trecho da BR-101 entre Teotônio Vilela e São Miguel dos Campos


Um trecho da rodovia BR-101 entre São Miguel dos Campos e Teotônio Vilela, foi entregue duplicado na manhã desta segunda-feira (25), em mais uma importante obra que garantirá mais fluxo, mobilidade e segurança para os condutores que passam por essa região.

Representando o município de Campo Alegre estiveram presentes na solenidade a presidente da Câmara, Kellyn Guimarães, acompanhada dos vereadores Jura, Toinho, Van do Careca, Rejane Silva, Neno do Escorrega, Miolo e Aquelino Cézar. Também prestigiaram o evento o vice-prefeito de Campo Alegre James Matias, o Secretário Municipal de Infraestrutura, Josenildo Barbosa, o Gestor Administrativo, Nicolas Pereira e o Secretário Municipal de Articulação Política, Cláudio da Costa. 

Foram 34 km de duplicação liberados agora para o tráfego de veículos. A entrega deste trecho da obra estava prometida para agosto de 2018, mas atrasou por causa de problemas como desapropriação do trecho e deslocamento de redes de telefonia, segundo informações do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

"Com esses 34 km, nos já vamos ter 190 km de duplicação da BR-101 prontos aqui no estado, dos 249 km previstos, e vamos continuar nesse esforço, tocando aí os que faltam, que estão em obra, de maneira que a gente conclua até o final do ano que vem todo o empreendimento da BR-101 aqui em Alagoas", declarou o ministro de Infraestrutura Tarcísio Freitas.

Com investimento de R$ 120 milhões, o trecho faz parte do Lote 5, que liga Alagoas ao estado de Sergipe.

Até este mês de fevereiro, já foram duplicados 75% de toda a BR-101 que passa por Alagoas.

Esta foi a primeira visita do ministro Tarcísio Gomes de Freitas a Alagoas desde que assumiu o Ministério de Infraestrutura no governo Bolsonaro (PSL).

O evento teve também as presenças do governador de Alagoas, Renan Filho (MDB); o senador por Alagoas Fernando Collor (PROS); o secretário estadual da Infraestrutura, Maurício Quintella, entre outros políticos da região.




















Nenhum comentário:

Postar um comentário