quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Três projetos de lei estiveram na pauta de votação da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Campo Alegre


Vereadores do município de Campo Alegre, debateram, nesta quarta-feira (20), importantes assuntos de interesse da comunidade em mais uma reunião ordinária da Câmara Municipal. Oportunidade em que a Casa recebeu três PL  encaminhados pelo Executivo.

O Projeto de Lei nº. 002/2019 altera o caput do art. 1º da Lei Municipal nº. 911/2018 que passa a vigorar com a seguinte redação: ''Fica instituída a Semana de Orientação e Prevenção da Gravidez na Adolescência no âmbito do município de Campo Alegre, a ser realizada anualmente na semana que concluir o dia 1º de fevereiro. 


O outro Projeto de Lei, o de nº 003/2019 trata sobre as políticas públicas voltadas à primeira infância – fase que vai do nascimento até os seis anos de idade da criança. Onde afirma que investir em primeira infância significa investir na principal fase do ser humano.

Já o PL de nº. 004/2019  propõe declarar de utilidade pública a Cooperativa de Trabalho dos Produtores de Polpas e Bolos dos moradores do Conjunto Olival Tenório Costa - CPPBCOT, localizada na circunscrição territorial de Campo Alegre. A referida Cooperativa tem como principal missão valorizar a fabricação de produtos locais, gerando renda e fomentando o comércio local.  Na justificativa do projeto diz que a natureza dos serviços executados pela referida Cooperativa demonstra  sua importância para o município, de forma que a medida ora proposta certamente auxiliará a instituição a realizar com eficiência  suas finalidades em benefício da população. 

As referidas matérias foram encaminhadas para as comissões permanentes da casa, que irão apreciar  e emitir seu parecer na próxima semana, quando será colocada novamente em pauta para votação do plenário.

Na ordem do dia, o 1º secretário da Mesa Diretora, vereador Alan do Lucinho (PHS), leu todos os projetos na íntegra trazendo detalhes de cada um deles.

Ainda constou na pauta do dia a aprovação da indicação apresentada pelo vereador Jura (PSDB) que pediu a instalação de placas de identificação das ruas e avenidas da cidade de Campo Alegre. Em sua justificativa, o vereador afirma que a maioria das ruas e avenidas de nossa cidade não dispõe de placas com os nomes das mesmas, dificultando assim a localização de endereços pelo Correio e profissionais da Educação, Assistência Social, Saúde e também Infraestrutura. ''Portanto a implantação destas placas indicativas irá facilitar o trabalho destes profissionais, como também a localização de endereço por quem visita nossa cidade, e para que os cidadãos conheçam o nome da rua ou avenida que moram, pois muitos não sabem'', pontuou Jura. A indicação foi encaminhada a Prefeita Pauline Pereira, com cópia ao Secretário Municipal de Infraestrutura, Josenildo Barbosa.

No comando dos trabalhos, a presidente da Câmara, vereadora Kellyn Guimarães (PSB),  deu sequência à pauta do dia, passando a palavra aos vereadores que usaram a tribuna do parlamento municipal para pontuar alguns assuntos, onde foi dado destaque ao tema:  ''Leishmaniose'',  doença infectocontagiosa, que acometem homens e animais. Onde o mosquito palha é o principal vetor. Na ocasião foi chamado a atenção da população sobre os cuidados que se deve tomar em não acumular lixos e materiais que possam servir para o aparecimento de mosquitos dessa espécie. ''É preciso que cada cidadão faça sua parte para o combate à essas doenças'', ressaltou o vereador G. Correia, que trouxe o assunto para ser debatido no  plenário. 










Nenhum comentário:

Postar um comentário