quarta-feira, 15 de maio de 2019

14ª Sessão Ordinária: Vereadores de Campo Alegre aprovam indicações de interesse da municipalidade e lamentam morte do Pastor Adevan


Com a presença de 14 vereadores em plenário, a décima quarta sessão ordinária da Câmara Municipal de Campo Alegre foi realizada na manhã desta quarta-feira (15). A indicação que prevê a criação da ''Olimpíada da Terceira Idade'', com a realização de shows de talentos, contos de histórias, entre outras atividades, de autoria dos vereadores (as): Jura, Kellyn Guimarães e Jeane Nascimento foi aprovada pelo plenário.  O objetivo é de fomentar a atividade física e a inserção social dos idosos.

Também foi aprovada a indicação onde sugere a implantação do Programa de conscientização da separação de lixos recicláveis bem como, da importância de valorizar a atividade do catador de material reciclável. A referida proposta foi apresentada pelo vereador Alan do Lucinho e também recebeu a aprovação dos demais parlamentares.

Todos os vereadores que usaram a tribuna da casa manifestaram profundo pesar pelo falecimento do líder religioso, pastor José Adevan, que vinha lutando contra um câncer e recentemente teve o quadro de saúde agravado. O pastor que foi reconhecido como Cidadão Honorário de Campo Alegre, Título concedido no ano de 2014 pelo Legislativo Municipal por sua forte atuação, especialmente no Distrito Luziápolis, na Igreja Batista, onde mudava as vidas das pessoas através de suas pregações e também pelas importantes iniciativas com trabalhos na área social.

Neste momento de dor, toda a Mesa Diretora e demais colegas vereadores, prestaram condolências e se solidarizaram com os familiares, amigos e toda comunidade, enlutados pela grande e irreparável perda.

Dando sequência a sessão foram aprovados em 1º turno os seguintes Projetos de Lei: 

• Projeto de Lei onde fica denominada Rua José Alves dos Santos a rua localizada por trás do Auto Posto Agreste de autoria dos vereadores Jura e Kellyn Guimarães.

• Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo, que fica criado o Programa de Regularização e Recuperação de Créditos Tributários e não Tributários denominado ''Regularização Alegre'', objetivando promover a regularização tributária e a recuperação de créditos inscritos em dívida ativa, bem como incrementar o ingresso de receitas municipais. 














Nenhum comentário:

Postar um comentário