quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Legislativo de Campo Alegre: Última sessão ordinária de 2019 é marcada por vários projetos em pauta e discursos de confraternização




O poder legislativo do município de Campo Alegre, concluiu mais um ano de atividade parlamentar. A câmara de vereadores, que tem um papel importante para a democracia e o equilíbrio dentro da sociedade, tem sido responsável por discutir temas relevantes e debater ideias e projetos que logo se transformam em leis que mudam a vida das pessoas. Em nosso município, o poder representativo do povo tem atuado de maneira a demonstrar lisura e total transparência em suas ações.

Nesta quarta-feira (18), aconteceu a última sessão do ano de 2019, e a presidente deu por encerrado o ano legislativo, porém dizendo que, enquanto representante do povo não só ela como os demais colegas mesmo em recesso estará servindo a população.

Os vereadores tiveram uma sessão harmoniosa com discursos de confraternização, com felicitações para boas festas, um natal de paz ao povo campo-alegrense e um ano novo repleto de felicidade e muita saúde as pessoas. Usaram a tribuna os vereadores: Jura, Jeane Nascimento, James Valério, Josevan Batista, Alan do Lucinho e Kellyn Guimarães, que falaram da gratidão que sentem em poder servir à população exercendo um papel importante que é de legislar para o povo.

A presidente da Casa, vereadora Kellyn Guimarães, além de agradecer por mais um ano que se conclui e desejar boas festas a população, logo aproveitou para prestar conta dos trabalhos legislativos, que enquanto presidente contribuiu na condução dos debates, que resultou em aprovação de projetos e indicações, o que torna este poder, uma casa forte e que trabalha pelo bem do povo de Campo Alegre.

Kellyn lembrou que, foi um ano de trabalho intenso, onde a casa legislativa recebeu as demandas da sociedade, e discutiu melhorias nos serviços prestados na cidade.

A presidente comentou o quanto é grata a Deus por mais um final de ano onde termina com a consciência do dever cumprido, onde todas as reivindicações da população tiveram o apoio do Legislativo. Ela lembrou que a câmara sempre esteve e estará aberta para que a população possa reivindicar seus direitos.

A presidente lembrou que em 2019, foram aprovados 8 projetos legislativos e 40 vindo do executivo. Foram 32 indicações, 4 requerimentos, 3 decretos legislativos e 2 resoluções aprovados em defesa dos interesses da população campo-alegrense.

A sessão ainda contou com a presença do Procurador Geral do Município, Dr. Danilo, que expressou sua gratidão e parabenizou a parceria que existe entre Legislativo e Executivo, alegando que a Câmara de Campo Alegre é uma das casas de debates mais atuantes do Estado de Alagoas e fez destaque no número de projetos aprovados em plenário e que estão transformando a vida da população e a ”cara” da cidade.

No último dia de trabalho do ano, a câmara aprovou indicação da vereadora Jeane Nascimento, que solicitou do Poder Executivo a aquisição de 200 tarefas de terra no Distrito Luziápolis, para a inclusão do ”Projeto Mais Alimentos” para a produção de hortifruti e outros alimentos, garantindo assim total apoio e fortalecendo aqueles que trabalham na agricultura familiar.

Outra indicação aprovada foi a que sugere que seja incluído na grade curricular a disciplina de Educação Financeira para os alunos do ensino fundamental. A ideia foi proposta pelo vereador Jura, onde o mesmo comprovou que quanto mais cedo ela é abordada, maiores serão as chances de os estudantes adotarem hábitos de consumo consciente e consequentemente uma vida financeira organizada.

Uma Sessão Extraordinária está marcada para  próxima sexta-feira (20), onde será discutido e colocada em votação três Projetos de Lei de autoria do Executivo que deram entrada nesta quarta-feira.

O PL nº. 049/2019 que trata sobre a contribuição para custeio de iluminação pública.

O PL nº. 050/2019 que dispõe sobre o Código de Obras do município de Campo Alegre, que estabelece normas para aprovação de projetos, execução de obras e instalações, assim como de preservação de obras e edificações, públicas ou privadas.

O PL nº. 051/2019 que transforma o cargo de Agente Arrecadador em Agente Fiscal de Tributos e que cria o cargo de Auditor Fiscal de Tributos.

Além do debate acerca da Lei Orgânica do Município de Campo Alegre.










Nenhum comentário:

Postar um comentário